Rio de janeiro
Agenda Inovação Abril -   Maio    -     Junho   Avançar Voltar 2019 -   2020 Avançar
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • 01
  • 02
  • 03
  • 04
  • 05
  • 06
  • 07
  • 08
  • 09
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20
  • 21
  • 22
  • 23
  • 24
  • 25
  • 26
  • 27
  • 28
  • 29
  • 30
SENAI

Notícias

Curso do Sebrae-AL orienta MPEs a vender para o Governo

A partir de junho, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) em Alagoas promove uma série de capacitações visando a preparar os empresários de micro e pequenas empresas (MPEs) para entrar em um nicho de mercado ainda pouco explorado no Brasil - o das compras governamentais.

O curso "Como Vender para o Governo" foi elaborado para estimular os empresários a aproveitarem, de fato, os benefícios da Lei Complementar 123/06, a chamada Lei Geral da Micro e Pequena Empresa. A regulamentação do capítulo V da Lei determina a participação preferencial de MPEs em licitações com valor de até R$ 80 mil.

Nas licitações acima desse valor será considerado empate a diferença de até 10% da proposta da MPE em relação à menor proposta apresentada por uma grande empresa. Em caso de pregão, essa diferença é de 5%. Outro ponto importante é a possibilidade de os editais definirem a obrigatoriedade da subcontratação de até 30% do valor licitado por meio de MPE pelas grandes empresas que vencerem as licitações.

Todas essas mudanças foram criadas para favorecer a participação das MPEs nesse mercado e estimular o desenvolvimento dos pequenos negócios. No Brasil, as MPEs respondem, aproximadamente, por 60% dos empregos e 20% do PIB nacional. No entanto, as empresas de pequeno porte atendem a apenas 17% das compras governamentais. Em países vizinhos, como o Chile e o Peru, essa participação corresponde a cerca de 44%.

Muitas vezes, é o desconhecimento e a falta de preparo dos empresários para negociar com o Estado que impedem a aplicação da lei em sua totalidade. Por isso, o curso vai oferecer aos participantes as noções gerais de licitações e esclarecer sobre as diferentes etapas do processo licitatório, incluindo atividades de simulação de pregão presencial e eletrônico.

"A grande vantagem de vender para o governo é a oportunidade de fazer vendas mais significativas e o maior desenvolvimento da empresa, já que o governo tem um grande potencial de compra", afirma o empresário Marcos Campelo.

"A proposta é aumentar essa participação das MPEs nas compras governamentais em 30%, o que significará 830 mil novos empregos gerados. As pequenas empresas são fundamentais no âmbito de qualquer política pública que busque contribuir para o desenvolvimento socioeconômico gerando trabalho e renda, inclusão social produtiva, distribuindo riquezas e solidificando a economia local", afirmou a diretora técnica do Sebrae/AL, Renata Fonseca.

A primeira turma do curso será realizada entre os dias 16 e 18 de junho, às 19h, na sede do Sebrae/AL, em Maceió. Outras informações pelo telefone (82) 4409-1691.

 

 

(Fonte: Agência Sebrae - 12/06/2008)

 

 

Mais notícias de apoio técnico à inovação

 

Instituições Associadas

ABIFINA
ABIMO
ABINEE
ABIQUIM
ALANAC
FIEMG
IPD FARMA
SEBRAE