Rio de janeiro
Agenda Inovação Novembro -   Dezembro    -     Janeiro Voltar 2017 -   2018 Avançar
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • 01
  • 02
  • 03
  • 04
  • 05
  • 06
  • 07
  • 08
  • 09
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20
  • 21
  • 22
  • 23
  • 24
  • 25
  • 26
  • 27
  • 28
  • 29
  • 30
RETS

Notícias - RETS

Nos EUA, empresas voltam a ter voz nas regulações em biotecnologia

O Serviço de Inspeção de Saúde Animal e Vegetal (APHIS) do Departamento da Agricultura dos Estados Unidos anunciou ontem (06.11) que está revisando uma regra da agência e está colocando de novo as empresas interessadas nas discussões para determinar a forma mais efetiva e baseada em ciência para regular os produtos da biotecnologia moderna e proteger a saúde das plantas.

 

“É crítico que nossos requerimentos regulatórios promovam confiança e empoderem a agricultura americana enquanto também provê à indústria uma eficiente e transparte processo de revisão que não restrinja a inovação”, disse o Secretário a cargo da pasta, Sonny Perdue. “Para ter certeza de equilibrar os dois, nós temos de dar uma olhada frescada, explorar novas alternativas, e continuar o diálogo com todas as partes interessadas, tanto domésticas como internacionais”.

 

A APHIS controla a importação, o movimento interestadual e a liberação no meio ambiente de organismos geneticamente modificar para assegurar que não tragam risco de contração de pragas às plantas. Este trabalho continuará enquanto as partes interessadas voltam à negociação, segundo a agência.

 

“Hoje, precisamos alimentar sete bilhões de pessoas. Já pelo ano de 2050, a população será de 9,5 bilhões, metade das quais estarão vivendo em condições de subdesenvolvimento. Para colocar demanda por comida em perspectiva, teremos que ter o dobro da produção entre agora e 2050. Nós teremos de produzir mais comida nos próximos 30 anos do que o que foi produzido nos últimos oito mil anos. Inovações em biotecnologia têm ajudado os produtores americanos a produzir de forma mais eficiente por mais de 20 anos e esse marco tem sido essencial para a produtividade”, disse Perdue

 

 

 

(Fonte: Agrolink – 07/11/2017)

Instituições Associadas

ABIFINA
ABIMO
ABINEE
ABIQUIM
ALANAC
FIEMG
IPD FARMA
SEBRAE