Rio de janeiro
Agenda Inovação Abril -   Maio    -     Junho   Avançar Voltar 2019 -   2020 Avançar
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • 01
  • 02
  • 03
  • 04
  • 05
  • 06
  • 07
  • 08
  • 09
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20
  • 21
  • 22
  • 23
  • 24
  • 25
  • 26
  • 27
  • 28
  • 29
  • 30
Políticas Públicas e Economia

Notícias - Políticas Públicas e Economia

BNDES aprova financiamento de R$13 milhões para inovação

Instituto de Pesquisas Eldorado


A diretoria do BNDES aprovou financiamento no valor de R$ 8,5 milhões, no âmbito da Linha de Apoio à Inovação, na modalidade produção, para o Instituto de Pesquisas Eldorado. O projeto consiste na construção da sede do instituto, em terreno próprio, de 25 mil m², dentro do CIATEC - Pólo de Alta Teconologia II -, localizado em Campinas, (SP), com o objetivo de implantar um centro tecnológico. O novo pólo ivai sediar as atividades de pesquisa, desenvolvimento e inovação, e visa o aumento de atuação na área de Tecnologia da Informação e Comunicação (TICs), através da pesquisa de novas tecnologias e da capacitação profissional dos seus colaboradores.

A idéia é integrar - em curto período - funcionários, fornecedores, clientes e parceiros do meio acadêmico, concentrando as atividades em um único local. A medida permitirá a utilização de recursos de maneira mais eficiente, com a infra-estrutura de TI, recursos humanos, espaço físico e equipamentos. Outro fator positivo do projeto é a significativa redução de despesas operacionais, como pagamento de aluguel, condomínio, serviços e melhor utilização dos serviços correlatos.

O terreno para a construção do instituto foi escolhido devido à proximidade com grandes universidades, como PUC-Campinas e Unicamp, instituições como Sociedade Softex e FAPESP, estando localizado ao lado da Casa do Professor Visitante da Unicamp e das futuras instalações do Instituto Brasileiro de Inovação.

Há previsão de criação de 278 novos postos de trabalho após a implementação do projeto, o que representa uma elevação de 64,2% no atual efetivo da instituição. A finalidade do Instituto é criar projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I), estudos e serviços para seus associados, parceiros e clientes, na área de Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) e afins.

O Instituto de Pesquisas Eldorado é uma associação civil, nacional, com fins não lucrativos, dotado de autonomia administrativa, patrimonial e financeira, fundado em dezembro de 1997, em Campinas. Encontra-se em operação desde março de 1999, quando atuava incubada no parque industrial da Motorola do Brasil, em Jaguariúna, SP.

O Instituto Eldorado oferece a seus clientes serviços de desenvolvimento de software sob encomenda, utilizando processos certificados segundo os padrões internacionais CMMi nível 3 e ISO 9001. Desenvolve, também, soluções com alto conteúdo tecnológico, principalmente para aplicações de sistemas microprocessados com funções dedicadas, tais como produtos de linha branca, dispositivos automotivos, telefones celulares etc.

 

Centro de Negócios de Tecnologia da Informação

 

O BNDES também assinou contrato de financiamento no valor de R$ 4,5 milhões, para a implantação de um centro empresarial destinado a abrigar empresas do setor de tecnologia da informação, em Recife (PE). Trata-se do Centro de Negócios de Tecnologia da Informação - ITBC, que abrigará cerca de 40 empresas de TI, contribuindo para a geração de aproximadamente 570 empregos com alta qualificação. O projeto, financiado no âmbito da Linha Inovação-Produção, permitirá o desenvolvimento do Arranjo Produtivo Local (APL) do Porto Digital do bairro do Recife, um dos maiores parques tecnológicos do país.

O empreendimento, destinado à locação, será dotado de alta tecnologia de comunicação de voz e dados e contará com instalações especiais para a realização de cursos, seminários, videoconferências e treinamento de pessoal. O novo centro de negócios será construído sobre a estrutura de um antigo imóvel situado em área tombada pelo IPHAN e contará com área bruta de 5 mil metros quadrados.

O tomador do empréstimo do BNDES é o Centro de Excelência em Tecnologia de Software do Recife (SoftexRecife), uma associação de empresas de TI qualificada como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip). Seu objetivo é a promoção e o aumento de competitividade das empresas que atuam no setor.

O SoftexRecife é o agente do Programa Softex no Estado de Pernambuco. Criado em 1992, no âmbito do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, do Ministério de Ciência e Tecnologia (CNPq/MCT), o Softex visa estimular o crescimento da indústria de software no país, situando o Brasil entre os principais produtores e exportadores mundiais. O Programa Softex é credenciado a ter acesso aos recursos disponíveis nos Fundos Setoriais de Ciência e Tecnologia.

O projeto financiado pelo BNDES contribuirá ainda para a revitalização do espaço urbano do bairro do Recife, para onde se instalaram, desde 2002, várias empresas dedicadas à TI.

Este projeto faz parte de um conjunto de iniciativas que visam transformar a área do Bairro do Recife num cluster de tecnologia da informação. Neste contexto, o terreno, onde está sendo construído o centro de negócios, foi doado à SoftxRecife pela prefeitura de Recife. O Governo do Estado de Pernambuco aportou cerca de R$ 6 milhões para a implantação do ITBC e alocou recursos orçamentários no valor de R$ 33 milhões para o financiamento às empresas de tecnologia da informação, à pesquisa e formação de capital humano, e à transferência física e construção de unidades que apóiem as atividades estratégicas do Porto Digital.

 

 

(Fonte: BNDES - 14/08/07)

Instituições Associadas

ABIFINA
ABIMO
ABINEE
ABIQUIM
ALANAC
FIEMG
IPD FARMA
SEBRAE