Rio de janeiro
Agenda Inovação Dezembro -   Janeiro    -     Fevereiro   Avançar Voltar 2019 -   2020 Avançar
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • 01
  • 02
  • 03
  • 04
  • 05
  • 06
  • 07
  • 08
  • 09
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20
  • 21
  • 22
  • 23
  • 24
  • 25
  • 26
  • 27
  • 28
  • 29
  • 30
  • 31
RETS

Notícias - RETS

Grupos dizem que o projeto de biotecnologia do USDA é falho

A nova regra proposta pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) para regulamentar produtos de biotecnologia agrícola baseados em plantas é “fundamentalmente falha” e poderia contribuir para interrupções no comércio no futuro. Foi isso que informou a Associação Nacional de Grãos e Alimentos, bem como vários outros grupos representantes de culturas de grãos e oleaginosas, em um comunicado conjunto.

 

"Nossa indústria e nossos clientes fazendeiros precisam enfaticamente evitar as dispendiosas interrupções comerciais que têm sido associadas periodicamente à biotecnologia transgênica", escreveu o NGFA, a Associação de Refinadores de Milho, a Associação Nacional de Processadores de Oleaginosas, a Associação Norte-Americana de Exportação de Grãos e a Associação Norte-Americana de Millers. "Se a abordagem de supervisão regulatória do governo dos EUA para a edição de genoma e outras inovações de melhoramento de plantas estiver em desacordo com a indústria de alimentos doméstica ou mercados de exportação significativos dos EUA, terá repercussões perigosas na cadeia de valor de grãos e oleaginosas, incluindo os agricultores dos EUA”, completa.

 

Embora os grupos enfatizem que apoiam fortemente o uso da biotecnologia, eles disseram que uma parte fundamental da competitividade dos EUA é a capacidade de comercializar seus produtos agrícolas com eficiência e custo-benefício. É através dessa lente dupla - apoio à inovação tecnológica, ao mesmo tempo em que assegura a continuidade da comercialização eficiente das culturas em que é utilizada- que as cinco organizações disseram que a regra proposta precisa ser vista.

 

 

 

(Fonte: Agrolink - 08/08/19)

Instituições Associadas

ABIFINA
ABIMO
ABINEE
ABIQUIM
ALANAC
FIEMG
IPD FARMA
SEBRAE