Rio de janeiro
Agenda Inovação Abril -   Maio    -     Junho   Avançar Voltar 2017 -   2018 Avançar
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • 01
  • 02
  • 03
  • 04
  • 05
  • 06
  • 07
  • 08
  • 09
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20
  • 21
  • 22
  • 23
  • 24
  • 25
  • 26
  • 27
  • 28
  • 29
  • 30
Políticas Públicas e Economia

Notícias - Políticas Públicas e Economia

  • País precisa aproveitar o atual “momento de graça”

    País precisa aproveitar o atual “momento de graça”

    Especialista em política industrial e estudioso da economia chinesa, o professor-doutor do Instituto de Economia da UFRJ, ex-presidente e ex-diretor do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), diz que frente aos "preços arrasadores" chineses, há três tipos de países: "Os que inegavelmente têm problemas de câmbio dentre os quais o Brasil se destaca como caso grave; os que têm problemas de câmbio; e os que não têm problemas de câmbio".

  • Investimento brasileiro prefere a Europa

    Investimento brasileiro prefere a Europa

    A crise econômica se tornou uma oportunidade de investimento para as empresas brasileiras, que estão apostando cada vez mais nos mercados da Europa, enquanto os instáveis vizinhos sul-americanos perdem espaço.

  • Foco de Pimentel será o da competitividade das exportações

    Foco de Pimentel será o da competitividade das exportações

    "O nome do jogo é competitividade: o Brasil tem de ser competitivo", recomendou a presidente Dilma Rousseff ao novo ministro do Desenvolvimento, Fernando Pimentel, ao determinar "prioridade" para as "contas externas", segundo relatou o próprio ministro, nesta segunda-feira (03/01), em sua primeira entrevista à imprensa. Setores exportadores terão de receber novas reduções de imposto e os produtores nacionais serão protegidos de importações desleais por "mais e melhores" mecanismos de defesa comercial, informou o ministro.

  • Importação afetou oferta doméstica, avalia IBGE

    Importação afetou oferta doméstica, avalia IBGE

    O elevado patamar das importações e os altos estoques que perduram em alguns setores contribuíram para manter a produção industrial próxima da estabilidade em novembro. A Pesquisa Industrial Mensal (PIM), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostrou pequena retração de 0,1% na produção em relação a outubro na série com ajuste sazonal.

  • Indústria tem déficit recorde de US$ 70,9 bilhões no ano

    Indústria tem déficit recorde de US$ 70,9 bilhões no ano

    O saldo comercial do setor de manufaturas registrou déficit recorde de US$ 70,9 bilhões em 2010, indica estudo da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). De acordo com o documento, a marca representa crescimento de 95% em relação ao saldo negativo de US$ 36,5 bilhões registrado em 2009. O departamento de relações internacionais e comércio exterior da entidade entende que o resultado negativo apurado no ano passado foi provocado pela expansão dos importados, que naquela categoria produtiva subiu 45% ante o incremento de 16% das exportações.

Destaques

10º ENIFarMed

Inova Talentos

Instituições Associadas

ABIFINA
ABIMO
ABINEE
ABIQUIM
ALANAC
FIEMG
IPD FARMA
SEBRAE