Rio de janeiro
Agenda Inovação Outubro -   Novembro    -     Dezembro Voltar 2019 -   2020 Avançar
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • 01
  • 02
  • 03
  • 04
  • 05
  • 06
  • 07
  • 08
  • 09
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20
  • 21
  • 22
  • 23
  • 24
  • 25
  • 26
  • 27
  • 28
  • 29
  • 30
  • 31
Fármacos e Medicamentos

Notícias

Saúde cria Departamento do Complexo Industrial e Inovação

A secretária executiva do Ministério da Saúde (MS), Márcia Bassit, em reunião no dia 5 de junho, apresentou a nova estrutura regimental do Ministério, aprovada pelo Decreto Nº 6.860, de 27/05/2009.

Entre outras mudanças, a publicação do decreto formalizou a criação do Departamento do Complexo Industrial e Inovação em Saúde (DCIIS). A criação do novo departamento vinha sendo pleiteada desde 2007, quando Reinaldo Guimarães assumiu a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos (SCTIE), que considera as políticas referentes ao complexo produtivo da saúde um dos focos prioritários da atuação da SCTIE.

O DCIIS é composto pela Coordenação-Geral de Equipamentos e Materiais de Uso em Saúde, pela Coordenação-Geral de Assuntos Regulatórios e pela Coordenação-Geral de Base Química e Biotecnologia.

No Departamento de Ciência e Tecnologia, também foi formalizada a criação da Coordenação-Geral de Gestão do Conhecimento, além da inclusão da área de Avaliação de Tecnologias em Saúde na coordenação de Fomento à Pesquisa.

Já o Departamento de Economia da Saúde (DES), que anteriormente era subordinado à SCTIE, teve seu nome alterado para Departamento de Economia da Saúde e Desenvolvimento e passou a integrar a estrutura da Secretaria Executiva.

O novo departamento, terá, entre outros, a função de consolidar programas e ações que permitam a definição de uma estratégia nacional de fomento, desenvolvimento e inovação para os insumos industriais na área da saúde e subsidiar a formulação de políticas, diretrizes e metas para as áreas e temas relativos ao complexo industrial da saúde, necessários à implementação da Política Nacional de Saúde.

Além disso, deverá coordenar a organização e o desenvolvimento de programas, projetos e ações que visem induzir o desenvolvimento, a difusão e a incorporação de novas tecnologias no Sistema Único de Saúde e definir estratégias de atuação do Ministério da Saúde no campo da biossegurança, da biotecnologia, do patrimônio genético e da propriedade intelectual em articulação com outros órgãos e instituições afins.

 

 

(Fonte: Jornal da Ciência - 17/06/2009)


 

Notícias relacionadas

 

Parcerias público-privadas estimularão a produção nacional
Ministério da Saúde estima que as parcerias possam gerar uma economia anual de R$ 160 milhões na compra de fármacos, além de fortalecer a pesquisa e a inovação do setor no Brasil

 

A indústria farmacêutica brasileira supera a crise e volta a crescer
Respaldada pela força dos genéricos, indústria nacional se posiciona na liderança do mercado interno, e reforça seus investimentos em pesquisas, desenvolvimento e inovação

 

Outras notícias de inovação em fármacos

Instituições Associadas

ABIFINA
ABIMO
ABINEE
ABIQUIM
ALANAC
FIEMG
IPD FARMA
SEBRAE