Rio de janeiro
Agenda Inovação Abril -   Maio    -     Junho   Avançar Voltar 2019 -   2020 Avançar
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • 01
  • 02
  • 03
  • 04
  • 05
  • 06
  • 07
  • 08
  • 09
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20
  • 21
  • 22
  • 23
  • 24
  • 25
  • 26
  • 27
  • 28
  • 29
  • 30
Fármacos e Medicamentos

Notícias

Vontade política fortalece a indústria farmacêutica

A unidade produtiva da Mappel Laboratórios Farmacêuticos, adquirida pelo novo grupo empresarial denominado Laborvida, será dedicada ao segmento de medicamentos sólidos orais, especialmente na forma de prestação de serviços a terceiros, com capacidade para atender a qualquer demanda de cápsula ou comprimido. As empresas que terceirizam seus serviços com a Laborvida enviam os insumos e a fábrica agrega mão-de-obra qualificada e equipamentos de ponta na produção de sólidos além de, eventualmente, acrescentar algum elemento à embalagem. O produto final vai para o almoxarifado pronto para distribuição. Com esse nicho de prestação de serviços, a Laborvida garante a continuidade da produção e sustenta a possibilidade de investir em negócios com produtos próprios inovadores.

 

A idéia dos sócios é investir na pesquisa de produtos de pequenos volumes de demanda, mas de alto valor agregado. "A terceirização é importante porque sustenta a empresa. Mas, o crucial é que estamos investindo em desenvolvimento de novos mercados onde temos bastante conhecimento acumulado e tecnologia de produção", destaca o diretor-presidente do laboratório, Lélio Maçaira.

 

O momento é promissor também porque há uma vontade política evidente no sentido de fortalecer a cadeia produtiva de medicamentos no país, movimento liderado pelo Ministério da Saúde. De acordo com os sócios da Laborvida, a empresa se prepara para responder com excelência e dedicação a chamada para ampliação do mercado interno que, além da oportunidade para revitalização da indústria farmacêutica e farmoquímica, tem um destacado sentido cívico. "Todos querem um país soberano em termos de saúde pública e agora contamos com a compreensão governamental da importância estratégica de nossa indústria para o desenvolvimento e sustentabilidade do país", destaca Lélio.

 

Entre os diferenciais da Laborvida está o modelo gestor que será empregado, voltado a priorizar a cadeia produtiva de qualidade com parcerias estratégicas com o setor farmoquímico nacional. A Laborvida encara de frente a missão de desenvolver produtos com alto padrão de qualidade para a exportação e para atender às demandas geradas pela Portaria 978, que dispõe sobre a lista de produtos estratégicos, no âmbito do Sistema Único de Saúde, com a finalidade de colaborar com o desenvolvimento do Complexo Industrial da Saúde.

 

(Fonte: Revista Facto 17 - Jan/Fev 2009)

 

Outras notícias de inovação em fármacos

Instituições Associadas

ABIFINA
ABIMO
ABINEE
ABIQUIM
ALANAC
FIEMG
IPD FARMA
SEBRAE