Rio de janeiro
Agenda Inovação Junho -   Julho    -     Agosto   Avançar Voltar 2019 -   2020 Avançar
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • 01
  • 02
  • 03
  • 04
  • 05
  • 06
  • 07
  • 08
  • 09
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20
  • 21
  • 22
  • 23
  • 24
  • 25
  • 26
  • 27
  • 28
  • 29
  • 30
Apoio Financeiro e Editais

Notícias

Finep financia projetos tecnológicos de quatro empresas

A diretoria da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) aprovou, em reunião na última segunda-feira (18/08), quatro projetos de empresas brasileiras que receberão recursos reembolsáveis de cerca de R$ 124,3 milhões.

As empresas apoiadas são a Whirlpool, que receberá R$ 100 milhões para o desenvolvimento de soluções tecnológicas para o mercado de refrigeração; a Arezzo Indústria e Comércio, que prevê investir R$ 16,6 milhões em programas que fortaleçam a sua competitividade; a Tec Toy; que entrou com pedido de financiamento de R$ 5,4 milhões para o desenvolvimento de um decodificador interativo para TV Digital; e a Dedini Indústrias de Base, que contará com R$ 2,2 milhões para o desenvolvimento de processos inovadores que contribuam para o aumento da produtividade do etanol.

As atividades de P&D da Whirlpool no Brasil

A Whirlpool é uma das empresas privadas que mais depositam patentes no Brasil: tem 110 depósitos e aparece em quarto lugar no ranking do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) para o período de 1999 e 2003. Computando todos os números da corporação, são 721 pedidos, entre os depósitos pedidos e concedidos no Brasil e no exterior, contabilizados até fevereiro de 2008.

Sem revelar números absolutos, o grupo afirma investir 2,5% de seu faturamento líquido em P&D&I. Como resultado do investimento, em três anos a empresa multiplicou por oito sua receita com produtos inovadores. Em 2007, a Whirlpool lançou mais de cem produtos das marcas Consul e Brastemp, uma média de dois produtos por semana. As vendas do grupo no Brasil foram de 7 milhões de unidades no ano passado, totalizando R$ 6 bilhões. A Whirlpool deve investir em 2008 cerca de US$ 100 milhões em desenvolvimento de produtos e expansão da produção apenas no Brasil. A meta da subsidiária brasileira é crescer entre 10% e 15% este ano. Em 2007, a empresa cresceu 20%.

A Whirlpool tem cerca de 500 profissionais dedicados a P&D em eletrodomésticos no Brasil. São 60 mestres e quatro doutores. Entre esses 64 pós-graduados, 42 irão trabalhar no CTL. O centro também vai receber cem novos profissionais contratados. Outros dois centros de tecnologia da Whirlpool estão instalados no País, na cidade de Joinville (SC). Um deles é focado em P&D&I em compressores e refrigeração e está diretamente ligado às atividades da Embraco.


(Fonte: Finep com informações do Inovação Unicamp - 20/08/2008)

 

Mais notícias sobre recursos à inovação


Instituições Associadas

ABIFINA
ABIMO
ABINEE
ABIQUIM
ALANAC
FIEMG
IPD FARMA
SEBRAE