Rio de janeiro
Agenda Inovação Abril -   Maio    -     Junho   Avançar Voltar 2019 -   2020 Avançar
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • Q
  • Q
  • S
  • S
  • D
  • S
  • T
  • 01
  • 02
  • 03
  • 04
  • 05
  • 06
  • 07
  • 08
  • 09
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20
  • 21
  • 22
  • 23
  • 24
  • 25
  • 26
  • 27
  • 28
  • 29
  • 30
Apoio Financeiro e Editais

Notícias

Crédito não-reembolsável beneficia informatização de MPEs

Micro e pequenas empresas interessadas em informatizar seus negócios têm a chance de concorrer a uma verba não-reembolsável. A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj) lançou o edital nº 16/2008 de Apoio à Inovação e à Difusão Tecnológica no Estado do Rio de Janeiro, com recursos totais de R$ 6 milhões e teto de até R$ 200 mil por projeto apresentado. Negócios de pequeno porte podem concorrer a valores em torno de R$ 15 mil. Nessa faixa, a apresentação do projeto é bem mais simplificada, embora as exigências quanto à idoneidade e saúde financeira da empresa alcancem todos os interessados.

Para concorrer ao edital da Faperj, os interessados devem apresentar um projeto e o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) oferece assistência na elaboração deste documento. Ao todo, nove consultores foram capacitados pela entidade para atender à demanda de qualquer localidade do Estado do Rio de Janeiro, sem qualquer custo para o empresário. O prazo para concorrer aos recursos do edital termina no dia 16 de setembro. São elegíveis, como proponentes, micro e pequenas empresas brasileiras sediadas no Estado do Rio de Janeiro que tenham auferido receita operacional bruta anual ou anualizada de até R$ 10.500.000.

Este edital significa acesso a um fomento que nunca tinha sido disponibilizado para as MPEs. A informatização é indispensável no cenário atual que exige cada vez mais velocidade para um desempenho competitivo. A compra ou modernização dos equipamentos permite o atendimento de diversas necessidades das empresas: da possibilidade de participar de editais de compra pela internet a uma gestão financeira mais eficiente, e ainda relacionamento mais ágil com o consumidor e o mercado. Sem informatização, a empresa fica parada no tempo e corre um sério risco de sobreviver , avalia o coordenador de Projetos de Tecnologia da Informação do Sebrae/RJ, Ivan Constant.

Os projetos deverão contemplar temas priorizados pelo Estado do Rio de Janeiro, como arranjos produtivos locais (áreas de agropecuária, fruticultura, floricultura, rochas ornamentais, piscicultura e eletroeletrônica), design e temas relacionados com o uso da inclusão digital em empresas, visando à interação e ao incremento da produtividade.

Para a seleção do processo, serão levados em conta os seguintes critérios: consistência e viabilidade do projeto; grau de inovação ou de difusão de tecnologia do projeto; clareza no objetivo e metas; impactos esperados da inovação para o Estado do Rio de Janeiro; impactos esperados da inovação para o País; experiência do proponente; experiência técnica da equipe executora; e infra-estrutura disponível para execução.

Para encontrar a unidade do Sebrae mais próxima ao local em que estão no Rio de Janeiro, os interessados podem consultar o site estadual da instituição e procurar por Central de Relacionamento e Unidades de Atendimento. As consultas ao edital podem ser feitas no site da Faperj.


(Fontes: Agência Sebrae de Notícias e Faperj - 18/08/2008)

 

Mais notícias sobre recursos à inovação


Instituições Associadas

ABIFINA
ABIMO
ABINEE
ABIQUIM
ALANAC
FIEMG
IPD FARMA
SEBRAE